domingo, junho 18, 2017

Crescei na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo


Pombo branco

AUTORIA: JOÃO CRUZUÉ
.
A pesquisa do verbete "conhecimento", no Novo Testamento da Bíblia  eletrônica América Lite, v.12.2 de Eliseu Ferreira Araujo Junior, aparece 33 vezes em 33 versículos; o primeiro, está em Lucas 1.77 e o último, na II Carta de Pedro, 3.18. Gostaria de compartilhar minha pequena pesquisa e a conclusão que cheguei sobre o sentido deste conhecimento registrado nesta Carta de Pedro.  Basicamente, encontrei seis sentidos diferentes para esta palavra, no Novo Testamento:

1. João 7.51
"Porventura condena a nossa lei um homem sem primeiro o ouvir e ter conhecimento do que faz? "

e Atos 24.22

"Então Félix, havendo ouvido estas coisas, lhes pôs dilação, dizendo: Havendo-me informado melhor deste Caminho, quando o tribuno Lísias tiver descido, então tomarei inteiro conhecimento dos vossos negócios". 

Sentido: informação detalhada de uma causa ou dos atos praticados por uma pessoa;

2. Atos 9.24
"Mas as suas ciladas vieram ao conhecimento de Saulo; e como eles guardavam as portas, tanto de dia como de noite, para poderem tirar-lhe a vida "

Sentido: Informação sobre planos alheios, contada ou revelada;

3. Atos 25.21
"E, apelando Paulo para que fosse reservado ao conhecimento de Augusto, mandei que o guardassem até que o envie a César." 

Sentido: Relatório para informação de superior;

4. Atos 26.3
"Mormente sabendo eu que tens conhecimento de todos os costumes e questões que há entre os judeus; por isso te rogo que me ouças com paciência". 

Sentido: Domínio de assuntos culturais e religiosos;

5. Romanos 3.20
"Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado". 

Sentido: tipificação do pecado.

6. II Pedro 3.18
"Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém". 

Sentido: Compreensão espiritual da obra, da pessoa e da vontade Cristo. 

Na esteira do sentido do versículo acima (II Pe 3.18) seguem em mais ou menos semelhança os outros 26 versículos.

Tendo feito este breve resumo, vamos avançar no entendimento do que significa a palavra conhecimento do versículo "Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo".

Pelo que tenho ouvido nos últimos 40 anos de fé, quando se debruça sobre a forma errada como este versículo é citado - Crescei na graça e no conhecimento -,  de pronto, fica excluído dele o núcleo de um adjunto nominal composto: de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. Desenvolvendo as duas orações com os dois adjuntos temos: 1) Crescei na Graça de Nosso Senhor  e Salvador Jesus Cristo e, 2) Crescei no conhecimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus CristoO verbo crescer é intransitivo, como se sabe, não precisa de complementos.

Deixando de lado estas questões complicadas de sintaxe, posso interpretar que quando se lê o versículo até a palavra conhecimento (Antes crescei na graça e no conhecimento) a ideia desta citação é que o crescer no conhecimento tem apenas uma conotação intelectual, que pode ser satisfeita com uma formação acadêmica, uma especialização em teologia ou um doutorado em Divindade. Mas, quando se lê o versículo completo, o sentido é diferente.

É diferente, porque não é verdadeiro que uma pessoa que tenha uma formação acadêmica completa (formação, pós-graduação e doutorado) e com sobra de conhecimento tenha a REVELAÇÃO em si de quem seja o Senhor Jesus Cristo. Intelecto e fé são portas de entrada diferentes. Uma dá acesso a razão e a outra à revelação de Deus.

Em Lucas 10:22 temos: "Tudo por meu Pai me foi entregue; e ninguém conhece quem é o Filho senão o Pai, nem quem é o Pai senão o Filho, e àquele a quem o Filho o quiser revelar."

I João 4:6, corrobora o entendimento do assunto: 'Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro." 

O sentido deste conhecimento pode ser ainda mais claro em Romanos 12:2:  "E não sede conformados com este mundo [intelectual], mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento [espiritual], para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. 

Crescer na graça de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é buscar a presença de Deus pela santificação, pelo esvaziamento do egoísmo, pela obediência à sua palavra. É procurar ser cheio do Espírito Santo. 

Crescer no conhecimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, não se trata exclusivamente de um crescimento intelectual, teológico. Tem a ver com um discernimento espiritual crescente da vontade de Deus, para servir dentro do propósito dele. Este crescimento é pessoal e vem pela revelação da sabedoria de Deus. 

Efésios 1:17
"Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em Seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação", 

O exemplo mais perfeito disto é  a transformação ocorrida na vida de Saulo de Tarso. Ele teve uma excelente formação teológica, mas era um analfabeto no conhecimento do Cristo. Até que um dia,  a Graça do Senhor Jesus o alcançou. Então, lhe foi revelado quem era Jesus e, depois, qual era o propósito do Senhor para sua vida.  

Não foi a formação religiosa (conhecimento intelectual) Saulo que o levou a ter conhecimento da pessoa do Senhor e Salvador Jesus Cristo. Foi a graça de Deus. E, depois de convertido, Paulo andava na graça e pregava na graça porque a graça de Deus  estava nele como a água contida em um vaso de barro.
Por esta razão, é preciso citar integralmente  II Pedro 3.18, para não crer em um sofisma. Uma coisa errada, mesmo repetida por uma geração inteira, nunca vai se transformar em  uma verdade. 




.





sexta-feira, junho 16, 2017

Tecnologia orgânica para hortas sustentáveis na cidade


Adubação Orgânica

(Todas as fotos deste post são de autoria de João Cruzué)

Mudas de manjericão.
Por: João Cruzué
.
Este assunto de horta em casa, horta na cidade, adubo orgânico, é desenvolvido em profusão no YouTube. A maioria das vezes funciona, porém eu não tive tanta sorte assim.  Por exemplo, ao seguir  um vídeo ali, acabei colocando farinha de osso e torta de mamona em uma dúzia de mudinhas de uva que consegui ver brotar. Belíssimas. Morreram todas!  Daí, comecei a desconfiar. Nem tudo que aparece por lá é conveniente usar sem primeiro realizar alguns testes.  Quero, então, comentar neste post algumas tecnologias orgânicas que tenho usado e que não tem matado minhas plantinhas. 
   

                                ADUBO ORGÂNICO FEITO SOPA DE CASCAS DE:  FRUTAS, OVOS, VERDURAS E BORRA DE CAFÉ

Foto 1
Adubo orgânico.

Dê uma olhada no conteúdo da tigela, acima. Dentro, está uma tecnologia de adubação orgânica que funciona, feita de "lixo". Eu não gosto de usar a palavra lixo, porque,  na verdade, lixo isto não é. As leis ambientais  lhe dão um nome bem pomposo: Resíduos Orgânicos! Para mim, também, estão longe de ser resíduos. São riquezas que a maioria do povo joga fora por desconhecimento.  Então, vamos analisar este assunto mais de perto.

1. Por exemplo,  as cascas de bananas. Segundo dados publicados em uma tabela no Jornal (julho/2006) da Universidade Estadual Paulista (UNESP), onde estão as quantidades de nutrientes em 100 gramas de frutas, a banana possui o dobro de potássio na casca (0,93 mg) em relação à polpa (0,45 mg).

2. A casca de uma laranja possui 106,9 mg de Fósforo. Sua polpa contém só 18,9 mg, tendo como base 100 gramas da fruta. No mesmo compasso, a casca do mamão possui 50 mg de fósforo, enquanto sua polpa contém 35 mg.

3. A borra de pó de café é considerada uma rica fonte de Nitrogênio, posso dizer, em todos os vídeos do YouTube. Por outro lado as pesquisas científicas dizem que não é bem assim.  Exemplo disso, é a Dissertação de Mestrado da mestrando Soraia Alexandra Félix da Cruz, "Avaliação do potencial da borra de café fresca na mineralização do nitrogênio e do fósforo e em culturas hortícolas", pela Universidade de Lisboa, que assim concluiu:
(Excerto)
"A utilização da borra de café na agricultura é uma prática muito mencionada na internet em fontes empíricas, mas não existe muita evidência científica da sua efetividade ou mesmo segurança. Sendo esta uma potencial fonte de nutrientes minerais, é importante dar um destino sustentável a este resíduo orgânico de forma a reduzir o seu impacto ambiental e de certa forma melhorar o ecossistema agrícola."

4. Por derradeiro, vamos falar da casca do ovo. Em pesquisa publicada em revista pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) de autoria de Andrea Pissatto Peres, sob a orientação da Professora Doutora Nina  Waszczynskyj, temos o seguinte excerto:
"A casca de ovo é rica em minerais, tais como o carbonato de cálcio (96% do peso da casca), carbonato de magnésio (1%) e fosfato de cálcio (1%) (NEVES, 1998), sendo que o cálcio está presente em maior quantidade, e é encontrado na forma de carbonato de cálcio na proporção de 40% biodisponível do produto em pó."

Depois de ter mencionado estas 4 fontes orgânicas de nutrientes, voltemos à foto clicada hoje por mim.  Eu adquiri o hábito de processar em um liquidificador antigo todas as sobras de vegetais usados na cozinha. Trago para casa até as cascas de bananas consumidas no trabalho. Assim, todas estas sobras: cascas de banana, cascas de mixiricas, cascas de cenoura, beterraba, cascas de chuchus, cascas de ovos borra de café sem açúcar e um pouco de água se transformam nesta sopa da imagem acima. Quando não tenho cascas de ovos, gosto de colocar uma colher de sopa de cal comum.

Agora vamos aos  resultados: nas fotos abaixo, estou utilizando esta "sopa" orgânica, aos poucos, (uma colher de sopa longe dos pés das plantas)  para adubar:

a)  Estas mudas alfaces:

Foto 2
Mudas de alfaces em prateleira de sustentação

Foto 3
Mudas de  morango, rúculas e de alfaces em prateleira de sustentação.

b) Estes pequenos pés de morangos recém-nascidos:

Foto 4

c) Pés de pimentão:

Foto 5


 d) Mudas de rúculas e cebolinhas:


Foto 6


e) E minha especialidade, os pés de chuchus!

Foto 7

Resumindo: Em pequenas quantidades (colher de sopa) eu vou adicionando aquela sopa orgânica nas hortaliças;  nos pé de chuchu uma tigela inteira de adubo orgânico. Trituradas, estas as sobras de vegetais se transformam em solo em menos de 3 meses. Dessa a terra dos pequenos vasos (3.ª tecnologia) vai melhorando aos poucos tanto o perfil químico como o orgânico. A qualidade da colheita é muito boa. Ou além de boa, considerando que uso água limpa, sem cloro, captada diretamente do céu (4.ª tecnologia).

Resumo das tecnologias utilizadas: 

1.ª) Processamento de cascas de ovos, cascas de bananas, borra de café sem açúcar, cascas de mixiricas ou laranjas, água e uma colher de cal;

2.ª) Problemas de espaço. Solução Prateleiras de sustentação afixadas na parede (onde bate sol), feitas com sarrafos de madeira com 10 cm de largura e comprimento variável (Fotos 2 e 3);

3) Vasos pequenos de polietileno (12 cm de altura x 14 cm de boca) produzem muito bem alfaces e rúculas (fotos 2, 3 e 4)

> Vasos com o dobro da capacidade podem produzir salsas, cebolinhas e pimentões (foto 4);

> Vasos de 10 litros para cima, servem para couves, tomates e beterrabas .

4.ª) Captação de água da chuva: tambores de plástico de 60 litros, com tampa eficiente e tela de mosquiteiro.

5.ª) Uso de sistema de drenagem nos vasos. Brita de construção até cobri o fundo do vaso, um pedaço de pano velho para cobrir bem as britas e evitar que a terra do vaso vá embora com as irrigações. Pano + brita, altura de 2 cm;

6.ª) Substrato: húmus de minhoca, terra vegetal, terra preta do quintal + um colher rasa de cal mistura na terra de cada vaso. Encher o vaso com este substrato até faltar 1 cm para a borda;

7.ª) Vermiculita. Usar este mineral para misturar com a terra do vaso em que for fazer suas mudas - salsas, alfaces, rúculas, beterrabas, qualquer coisa. As sementes da pele dos morangos levam de 70 a 90 dias para nascer (foto 4).

8.ª) Sistema de irrigação para horta caseira. Nenhum dos que assisti no YouTube são confiáveis. As garrafas entopem os furos, enfim... ainda não tenho um projeto desenvolvido, mas pela experiência no assunto, creio que uma bombona de água mineral de 20 litros, colocada em um altura moderada,  com torneira adaptada para engate em um microtubo ou mangueira bem fina deve funcionar bem em um sistema de gotejamento. Isso ainda não publicado em qualquer vídeo. Posso considerar como de minha autoria. Com um sistema destes bem calibrado, creio que é possível  uma autonomia de 10 a 20 dias. O bastante para sair de férias, voltar e não ver sua horta inteira morta de sede.

Conclusão: Com um espaço de até 20 metros quadrados, além de fazer uma senhora higiene mental, de aliviar o stress, você pode se surpreender colhendo verduras e legumes de de alta qualidade em uma bela horta. Além disso, pode ajudar no desenvolvimento de novas tecnologias de produção sustentável de alimentos na CIDADE! 

Se você gostou, ou não gostou, pode escrever para mim: cruzue@gmail.com .


quinta-feira, junho 15, 2017

Você não vai perder a bênção

.
João Cruzué



Não importa quantas batalhas da vida você perde; o importante é, no final, vencer a guerra. Conta uma lenda que Einstein certa vez, brincando sobre conceitos da Relatividade, disse assim: Fique uma hora com a pessoa que você ama e vai parecer que foi só um minuto, coloque a mão sobre a chama de uma vela por um minuto e vai parecer que é uma eternidade. Feito esta contextualização, quero escrever  hoje sobre a relatividade das perdas. 

Susan M. Boyle ficou muito deprimida quando perdeu a final do concurso Britain's Got a Talent. Um concurso de calouros realizado pela Rede de Televisão britânica ITV. Ela passou quatro dias internada na psiquiatria, chateada pela divulgação de um número de telefone errado, que a produção do programa divulgou. Por causa dessa trapalhada o primeiro lugar do concurso foi para o grupo de dança Diversity.

Alguma vez, nestes últimos quatro anos, você já ouviu falar neste tal Diversity? Em termos absolutos, do que lhe valeu o primeiro lugar? Foi uma vitória relativa. Já com a divulgação da música "I dreamed a dream" Susan Boyle, se tornou viral,m e ficou conhecida mundialmente da noite para o dia. Mudou-se para os Estados Unidos, gravou pela Sony Music e vendeu 10 milhões de cópias desse álbum de novembro/09 a setembro/10. Em uma semana - de 23 a 30 de novembro de 2009, ela vendeu mais 8 milhões de cópias, recorde levado para o Guiness Book.

Nelson Piquet, o brasileiro tricampeão mundial de F1, disse  certa vez uma célebre frase: Quem fica em segundo lugar, é o primeiro dos perdedores. Mas, quando Deus tem um compromisso com você,e você anda na presença dele,  isso também é relativo. Susan Margareth Boyle é uma das exceções mais destoante.

Steve Jobs era o gênio por trás da Apple, a companhia que criou o primeiro microcomputador pessoal. Sua liderança era inegável, mas sua arrogância, insuportável. Ele foi despedido pelos próprios sócios. Esta derrota e o abandono foram decisivos para que ele encontrasse de novo o caminho para cima. Foi aceito, anos depois, na Apple, a antiga companhia. Planejou, trabalhou, criou, fez as escolhas certas e, um ano antes de morrer, a Apple era a empresa mais valiosa do mundo: 391 bilhões de dólares.

Quero dar também dois testemunhos pessoais. Em 1996 eu estava vendendo o ponto de um comércio onde minha esposa e eu não fomos bem sucedidos. Na hora de passar o ponto à frente, porque o tínhamos comprado (e caro) o locador disse assim: Vocês podem vender, mas na hora de combinar o aluguel com o novo dono eu vou dobrar o preço. Como deu para perceber, ele iria melar todo o negócio. Saímos no prejuízo. Na época, uns R$ 4.500,00. Hoje, 15 anos depois, uns R$ 15.000,00. Saímos no prejuízo. Uma kombi velha de um amigo retirou nossas mercadorias, móveis e entregamos o ponto vazio ao seu locador. Uma semana depois, apareceu um trabalho para mim que rendeu R$ 9.000,00 e o dono daquele ponto, tentou, mas ficou seis anos sem conseguir locá-lo.

Outra ocasião, em 1993, eu estava no sítio plantando tomates. Um comprador fez um pedido de 200 caixas. Eu viajei para São Paulo, para ficar alguns dias com a família e deixou algumas pessoas para colher e entregar a encomenda. Era o 1º de novembro de 1993. Lembro-me bem desta data. Minha mãe ligou lá do sítio, dando a má notícia: Olha, o comprador desistiu e uma montanha de cinco toneladas de tomate está no sol. Eu orei e depois viajei para o sítio. No dia seguinte, feriado de finados, ligou uma pessoa da cidade de Muriaé, perto do Rio de Janeiro. Queria saber se tinha tomates para vender. Disse que tinha, mas que já estava colhido, maduro e no chão. Eu não mantive muitas esperanças quanto àquela conversa.

No outro dia o novo comprador apareceu. Deixou um caminhão de caixas no chão para encher. À tarde veio e levou tudo. Pagou bem menos que o preço do primeiro negócio desfeito.

Dias depois, o primeiro comprador mandou-me entregar uma pequena indenização por não ter retirado o produto. Somando o valor da indenização com o preço recebido da venda, a quantia foi bem maior do que se a primeira venda tivesse sido concretizada. 
Se você pensa que eu ainda estou no ramo dos tomates e dos armarinhos... Não. O que eu ganhava em um ano com tomates e mandiocas, hoje ganho em um mês ou menos. Jesus é bom...

Quando Deus se inclina e olha para a sua causa, o prejuízo é apenas relativo e temporário. Minha mãe costumava dizer: Mais tem Deus para dar do que o diabo, para carregar.

Vamos falar de relatividade dos negócios. Dizem que a Kodak durante mais de 100 anos foi uma das maiores multinacionais americana. Até dois anos atrás, quando pediu sua autofalência. Foi líder de mercado por um século, mas sua liderança virou pó.

A Xerox também tinha um departamento top de engenheiros. Eles patentearam quase todos os dispositivos de um microcomputador. Mas na visão da empresa aquilo não teria futuro. Seus principais executivos não criam que o computador pessoal viesse a se tornar um produto de massa. Por isso, venderam todas as patentes para a IBM, e a Xerox permaneceu apenas no ramo de fotocópias. A IBM ganhou muito dinheiro fazendo PCs.

O Brasil está para se tornar nos próximos 20 anos um dos países com a maior população evangélica praticante do mundo.  
No momento artistas, revistas, repórteres, olham com preconceito para as igrejas e difamam seus pastores. Rotulam os pastores de ladrões, charlatães e espertalhões, exploradores da fé de otários. E no rastro deste entendimento seguem engrossando a fila dos ateus muitos blogueiros e pastores tradicionais 

Enquanto isso a obra de Deus cresce a passos largos, pela profecia de Paulo: Não importa se uns pregam por interesse, outros por dinheiro e outros ainda de boa fé. Jesus está batendo à porta, o Espírito Santo está convencendo as pessoas a abandonar o pecado e aceitar a salvação em Cristo.

No dia da prestação de contas, muitos talentos serão desenterrados, e passados para outras mãos. Deus não se deixa enganar. 
O que para uma multidão é  recorde no Guiness Book, para Ele está no fim da fila. E para quem anda na presença de Deus e está no fim da fila, o tempo de cantar está chegando.

Não se impressione, como o Profeta Samuel na casa de Jessé, onde primeiro e o mais formoso era Eliabe e o último da fila  era Davi. Assim também tem Deus nos falado ultimamente pela vida de Susan Boyle. Quando Deus responde uma oração e decide executar Sua vontade, não há beleza nem força, nem potestades, nem o inferno, nem coisa alguma deste mundo que possa impedir.

Aceite Jesus; se já é Dele, ande na Sua presença; e prepare-se para ver a surpresa na face dos outros. Daqueles que estavam por cima e olhavam para você lá embaixo.  Quando Deus fizer você subir, a altura deles vai se tornar relativa, porque vão precisar olhar para cima para enxergar você. 


"Mas graças a Deus que nos dá a vitória em Cristo Jesus, nosso Senhor". 





sábado, junho 03, 2017

O resultado do planejamento do profeta Jonas

.
PARA DEUS NÃO HÁ CAUSA IMPOSSÍVEL

Clama a mim, e responder-te-ei.
João Cruzué

Quero escrever esta mensagem para você. Sei que vai digitar alguma coisa na Internet procurando por algo, por uma palavra de Deus, para que fale ao seu coração. Agora são meia-noite de 14 minutos. Eu preciso dormir, mas sinto-me compelido a escrever este pequeno texto, sob o que imagino ser o propósito de Deus.

E Jonas tomou o navio e fugiu para Társis, em clara desobediência ao mandado de Deus que disse assim: Levanta e vai à grande cidade de Nínive e clama contra ela com aquela pregação que eu te disse. E a razão de Jonas ter desobedecido é que ele desejava do fundo de seu coração, que os ninivitas fossem destruídos. Um povo mau e carniceiro, com um exército destruidor.

E Jonas tinha razão.

Depois de ter passado pelo ventre do grande peixe, voltou à praia para ouvir de novo a mesma ordem do Senhor: Levanta e vai à grande cidade de Nínive e clama contra ela com aquela pregação que eu te disse.

E mesmo a contragosto o profeta cruzou a cidade caminhando por três dias. Caminhava e clamava a todos pulmões que em poucos dias Nínive seria subvertida. Ele queria que a cidade fosse destruída. Tinha interesse nisso, por causa do "dente-por-dente-e-olho-por-olho".

Mas mesmo com o coração distante da mensagem, houve uma conversão do Rei ao animal. E eles jejuaram e buscaram arrependimento. E o que Jonas não queria, aconteceu: A cidade se arrependeu e o juízo de Deus não se abateu sobre a cidade naquele tempo.

Quando a vontade de Deus está em uma causa, não importa quem pregue nem o que fale. É Deus que está agindo. E se Deus teve misericórdia nos habitantes daquela cidade e lhes mudou o coração por uma palavra, isto significa que sua causa ainda não está perdida, e sua filha, ou seu filho, ou seu esposo, ou sua esposa, ou mãe, ou pai, ou quem quer seja não está definitivamente perdido nos caminhos por onde tem andado.

Deus é o Deus da Misericórdia. Aquele que é ruim, que não presta, que não tem qualquer possibilidade de mudança, ainda que esteja morto, para  Deus isto não é causa perdida.

O Senhor Jesus é o filho do Deus Único. Jesus o melhor advogado. Ponha a causa de seu filho, ou de sua filha, ou quem for nas mãos do Senhor. Clame, insista, jejue,  peça para o Senhor se lembrar de você, na sua oração e de agir em seu favor.

Se ele teve misericórdia do povo de Nínive e teve perdão para eles, também Ele diz para você levantar a  cabeça e continuar orando,  e clamando e esperando, porque há vitória de Deus no caminho da sua oração. Agora, se Ele tiver um propósito para sua vida e você estiver fugindo, enquanto não se colocar no lugar que o SENHOR quer, você pode passar por um problema parecido com o  do profeta Jonas. É melhor obedecer a voz de Deus.

Jeremias 33:3

Amém.





Manual básico para uma Igreja construtiva

.
Sermão do Pastor Martin Luther King

Martin Luther King, Jr
Pastor Martin Luther King- (1929 - 1968)

"Guidelines for a constructive Church"

Pastor Martin Luther King

Tradução: João Cruzué

Esta manhã eu gostaria de apresentar a vocês que nós, seguidores de Jesus Cristo, que mantemos sua Igreja viva e caminhando, também temos um manual de instruções a seguir. Em algum lugar atrás das brumas da eternidade, Deus estabeleceu seu manual de instruções. E através de seus profetas, e acima de tudo, através de seu Filho Jesus Cristo, Ele diz: “Há algumas coisas que minha Igreja deve fazer. Há um manual que minha Igreja deve seguir.” E se nós, dentro da Sua Igreja, não quisermos ver os recursos da sua graça cortados de sua divina providência, temos que seguir este Manual. Ele está claramente estabelecido para nós em algumas palavras proferidas pelo nosso Senhor e Mestre assim que Ele, um dia, entrou na sinagoga [de Nazaré] e fez a leitura no livro do Profeta Isaías: “O Espírito do Senhor é sobre mim, porque Ele me ungiu para pregar as Boas Novas aos pobres, Ele me enviou para dar vista aos cegos, para trazer à liberdade os que estão cativos e para pregar o ano aceitável do Senhor”. Estas são as instruções.

Veja você, a Igreja não é um clube social, apesar de que algumas pessoas pensem assim. Elas são apanhadas em seus exclusivismos, e sentem que ela é uma espécie de clube social, com um leve viés de religiosidade, mas a Igreja não é um clube social. A Igreja não é um centro de entretenimentos, apesar de que algumas pessoas pensem que seja. Você pode dizer que em muitas igrejas como elas agem, revelando que elas pensam que é um centro de entretenimento. A igreja não é um centro de entretenimento. Macacos são para entreter, mas os pregadores não.

Mas em uma análise final a Igreja tem um objetivo. A igreja está tratando do ultimato ao homem. É por isso que ele deve seguir as instruções.

Eu desejo que o tempo me permita entrar em cada aspecto deste texto, mas quero apenas fazer menção a alguns deles. Vamos primeiro pensar no fato de que a Igreja esteja seguindo seu manual, procurando curar os quebrantados de coração. Não há provavelmente nenhuma outra condição humana mais atormentadora do que um coração quebrantado. Veja você que um coração quebrantado não é uma condição física; mas uma situação de esvaziamento espiritual. E quem aqui esta manhã já não experimentou um coração quebrantado?

Eu diria que um coração quebrantado vem basicamente da experiência de uma frustração. E eu não acredito que haja muitas pessoas aqui nesta manhã sob o som da minha voz que não foram desapontadas por alguma coisa.

Aqui está um jovem ou uma moça sonhando com uma grande carreira e pretendendo chegar na universidade para tornar possível aquela carreira. Até descobrir que eles não têm faculdades mentais o bastante, a experiência técnica, para adquirir excelência naquele determinado campo. E assim eles terminam por escolher a segunda alternativa de vida melhor, por isso eles terminam com um coração quebrantado.

Aqui está um casal de pé diante do altar em um matrimônio que parecia ter nascido no céu, somente até descobrir que, seis meses depois ou um ano mais tarde, os conflitos e dissensões surgiram; argumentos e desentendimentos começaram a aparecer. E aquele mesmo casamento que há um ano atrás parecia ter nascido no céu, termina na justiça civil e os indivíduos ficam com um coração quebrantado.

Aqui está uma família, a mãe e um pai se esforçando desesperadamente para  educar seus filhos, no caminho que eles devem andar. Trabalhando muito, para conseguir uma boa educação para eles; trabalhando duro para lhes dar um senso de direção, orando fervorosamente por sua orientação. E, de repente, a despeito de tudo, um ou dois filhos terminam por entrar em um caminho errado em direção a um país longínquo estranho e trágico. E os pais vêm saber que aqueles filhos que eles criaram são pródigos, que estão perdidos em um país distante, e assim eles terminam com um coração quebrantado.

E depois vem aquela última tragédia, que sempre produz um coração quebrantado. Quem aqui nesta manhã não experimentou isto? Quando você fica diante do caixão de um ente querido. Naquele dia quando se fecham as cortinas da vida, aquela experiência chamada morte, que é o denominador comum irredutível de todos os homens. Ninguém perde um amado, ninguém perde uma mãe ou o pai, a irmã, o irmão, uma criança, sem ficar com um coração quebrantado. Corações quebrantados são uma realidade na vida.

E domingo após domingo, semana após semana, as pessoas vêm à Igreja de Deus com os corações quebrantados. Elas necessitam de uma palavra de esperança. E a Igreja tem uma resposta – se ela não tiver, ela não é uma Igreja. A Igreja deve dizer que, em essência, que quebrantamento de corações é um fato na vida. Não tente escapar quando você passa por uma experiência dessas. Não tente reprimi-la. Não termine em cinismo. Não fique com pena de si mesmo quando vier esta experiência. A Igreja deve dizer para este homem e para esta mulher que a "Sexta-feira da Paixão" é um fato na vida. A Igreja deve dizer para as pessoas que a queda é um fato na vida. Algumas pessoas estão condicionadas somente ao sucesso. Elas estão condicionadas apenas a realizações. Então quando as provas e os fardos da vida sobrevêm eles não conseguem se aguentar de pé com eles. Mas a Igreja deve dizer aos homens que a "Sexta-feira da Paixão" é um fato na vida, como a Páscoa. Quedas na vida são fatos muito mais freqüentes que sucessos. Frustrações são um fato muito mais freqüente que realizações. E a Igreja deve dizer aos homens para tomar seus fardos, tomar suas tristezas e olhar para elas e não correr delas. Diga esta é a minha tristeza, e eu devo suportá-la. Olhe bem duro para ela e diga: Como posso transformar este passivo em um ganho?

Este é o poder que Deus deu a você. Ele não disse que você vai escapar das tensões; Ele não disse que você vai escapar das frustrações, Ele não disse que você vai escapar das provas e tribulações. Mas o que a religião diz mesmo é que: Se você tiver fé em Deus, que Deus tem o Poder de dar a você uma espécie de equilíbrio interior através da sua dor. Então não se turbe o vosso coração. Se você crer em Deus, e também crer em mim” Outra voz ecoa “Vinde a mim, todos que estão fatigados e estão sobrecarregados” Como se dissesse: Vinde a mim, todos vós que estais sobrecarregados. Vinde a mim todos vós que estais frustrados. Vinde a mim todos vós com nuvens de ansiedade flutuando sobre o céu das vossas mentes. Vinde a mim todos vós que estais quebrados. Vinde a mim todos vós que estais com os corações quebrantados. Vinde a mim todos vós que estais sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. E o descanso que Deus dá é um que ultrapassa todo entendimento. O mundo não entende este tipo de descanso, porque ele é um descanso que torna possível a você ficar de pé em meio as tempestades exteriores, enquanto você mantém a calma interior. Se a Igreja está verdadeiramente em suas , ela cura os corações dos quebrantados

Em segundo lugar, quando a Igreja está verdadeiramente dentro do manual, ela tem o desejo de pregar a libertação para aqueles que estão cativos. Este é o papel da Igreja: Libertar as pessoas. Isto quer dizer de forma simples, libertar àqueles que estão escravos. Agora se você observar algumas Igrejas elas nunca lêem esta parte. Algumas igrejas não estão preocupadas em libertar ninguém. Algumas Igrejas brancas enfrentam o fato de domingo após domingo de que seus membros são escravos do preconceito, escravos do medo. Você tem em um terço delas, a metade delas ou mais, escravos de seus preconceitos. E os pregadores raramente fazem alguma coisa para libertá-los do preconceito.

Depois, você tem um outro grupo assentado ali, que realmente gostaria de fazer alguma coisa conta a injustiça racial, mas eles têm medo das represálias econômica, políticas e sociais, assim eles ficam em silêncio. E os pregadores nunca diz alguma coisa para levantar suas almas e libertá-las daquele medo. E assim eles terminam cativos. Vocês sabem que isto também acontece nas Igrejas negras. Vocês sabem que há pregadores negros que nunca abriram suas bocas em favor do movimento da liberdade. E não apenas eles não têm aberto suas boas, com não têm feito qualquer coisa. E de vez em quando você tem alguns membros que falam demais sobre os direitos civis naquela Igreja. Eu estava conversando com um pregador, outro dia, e ele me contou que alguns membros da sua Igreja estavam dizendo isto. Eu disse: não preste atenção no que eles dizem. Porque, número 1: Não foram os membros que ungiram você para pregar. E qualquer pregador que permite que seus membros lhe digam o que deve pregar, não tem nada de pregador.

Para que estas instruções fiquem bem claras, Deus me ungiu. Nenhum membro da Igreja Batista Ebenezer convidou-me para o ministério. Você me chamou para a Ebenezer e pode tirar-me daqui, mas você não pode tirar-me do ministério, porque eu consegui o manual e minha unção do Deus todo Poderoso. E qualquer coisa que eu quiser dizer, eu vou dizer aqui deste púlpito. Isto pode ferir alguém, eu não quero saber, alguém pode não concordar com isso. Mas quando Deus fala, quem mais pode profetizar? A palavra do Senhor é sobre mim como um fogo cerrado em meus ossos, e quando a palavra de Deus vem sobre mim, eu tenho que dizê-la, Eu tenho de contá-la a todos em qualquer lugar. Porque Deus me chamou para libertar aqueles que estão no cativeiro.

Algumas pessoas estão sofrendo. Algumas pessoas estão famintas esta manhã. Algumas pessoas ainda estão vivendo em segregação e discriminação esta manhã. Eu vou pregar sobre isto. Eu vou lutar em favor delas. Eu morrerei por elas se necessário, porque eu tenho o meu manual bem claro. E o Deus a quem eu sirvo, e o Deus que me chamou para pregar, já me disse que de vez em quando eu terei que ir preso por elas. De vez em quando eu terei que agonizar e sofrer pela liberdade de suas crianças. Eu posso até ter que morrer por isso. Mas se isto é necessário, eu preferiria seguir o manual de Deus do que o manual dos homens. A igreja foi chamada para por em liberdade aqueles que estão cativos, para por em liberdade aqueles que são vítimas da escravidão da segregação e da discriminação, aqueles que foram apanhados na escravidão do medo e do preconceito.

Então, a Igreja, que está verdadeiramente dentro do manual, deve pregar o ano aceitável do Senhor. Você sabe que o ano aceitável do Senhor é o ano que é aceitável para Deus porque preencheu os requisitos do seu Reino. Algumas pessoas quando estão lendo esta passagem sentem que isto está falando a respeito de um período além da história, mas eu digo a vocês nesta manha que o ano aceitável do Senhor pode ser este ano. E a Igreja é chamada para pregá-lo.


O ano aceitável do Senhor é qualquer ano quando os homens decidirem fazer o certo.

O ano aceitável do Senhor é qualquer ano quando os homens pararão de mentir e enganar.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano quando mulheres começarão a usar o telefone para propósitos construtivos e não para espalhar fofocas maliciosas ou boatos sobre seus vizinhos.

O ano aceitável do Senhor é qualquer ano quando os homens pararão de jogar fora as preciosas vidas que Deus lhes tem dado em um viver sedicioso.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano quando o povo no Alabama pararão de matar o direito civil dos trabalhadores e o povo que simplesmente está engajado no processo de busca pelos seus direitos constitucionais.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens aprenderam a viver juntos como irmãos.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens manterão suas teologia ao lado de suas tecnologias;

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens manterão os fins pelos quais eles vivem ao lado dos mesmos meios em que vivem.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens guardarão sua moralidade ao lado de sua mentalidade

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que todos os líderes mundiais se assentarem junto à mesa de conferência e perceberem que a menos que a humanidade ponha um fim na guerra, a guerra vai por um fim na humanidade.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens converterão suas espadas de em relhas e suas lanças em ganchos e que as nações pararão de se levantar umas contra as outras, nem estudarão a guerra nunca mais.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens permitirão que a justiça role para baixo como águas e a retidão desça como uma poderosa corrente.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que nós enviaremos ao Congresso e às Assembleias estaduais de nossa nação homens que procederão justamente, que amarão a misericórdia e que caminharão humildes com o seu Deus.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que todo vale será exaltado, e cada montanha será rebaixada, que os lugares ásperos serão aplainados e que os lugares tortuosos, retos, e a glória do Senhor será revelado, e toda carne verá verão isto em junta.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens farão para os outros aquilo que eles querem que os outros lhes façam.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens amarão seus inimigos, abençoarão aqueles que os maldizem e orarão por aqueles os perseguem.

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que os homens descobrirão por causa do sangue Deus fez todos homens para habitarem sobre a face da terra

O ano aceitável do Senhor é aquele ano em que todo joelho se dobrará e toda língua confessará o nome de Jesus. E em todos os lugares os homens clamarão “Aleluia, Aleluia! O Reino deste mundo tem se transformado no Reino de Nosso Senhor de seu Cristo, e ele reinará por todo o sempre. Aleluia, aleluia!”

O ano aceitável do Senhor é o ano de Deus.

Estas são as instruções do manual, e se nós apenas seguirmos o manual, nós estaremos aptos para o Reino de Deus, e nós faremos aquilo que a Igreja de Deus é chamada para fazer. Nós não seremos um pequeno clube social. Nós não seremos um pequeno centro de entretenimento. Mas estaremos em um negócio sério, de trazer o Reino de Deus para esta terra.

Parece que eu já posso ouvir o Deus do universo sorrindo e falando para esta igreja, dizendo “Vocês são uma grande Igreja, porque eu estava faminto, e vocês me deram de comer. Vocês são uma grande Igreja porque eu estava nu, e vocês me deram o que vestir. Vocês são uma grande Igreja, porque eu estava enfermo e vocês me visitaram. Vocês são uma grande Igreja porque eu estava na prisão e vocês me consolaram e visitaram. E esta é a Igreja que é vai salvar este mundo. “O espírito do Senhor é sobre mim, porque ele me ungiu para curar os quebrantados de coração, e por em liberdade os cativos, e apregoar o ano aceitável do Senhor.


Cópia não autorizada pelo tradutor.

Source: http://www.stanford.edu/group/King/publications/sermons/contents.htm


Leia também o sermão Redescobrindo os valores perdidos


cruzue@gmail.com

.

Postura da Igreja Evangélica diante da corrupção

Ovelhas sem pastor
João Cruzué

Este é o tipo de texto que você não vai encontrar no site de uma grande Igreja evangélica. E por que não vai? Porque suas lideranças "acham" que isto nada tem a ver com a missão da Igreja. Errado! É preciso sim tomar atitudes cristãs, ter um postura cristã, e romper com o silêncio da indiferença que nunca foi cristão.

Por mais de 40 anos o dragão da inflação devorou o bolso das famílias brasileiras. Era o gafanhoto. Devorava o suor dos assalariados de tal maneira que chegou um tempo em que dormiam com 100 cruzeiros no bolso e acordavam com 50. Até que chegou o julho de 1994. De lá para cá o dragão deixou de torrar os caraminguás dos brasileiros. Tenho certeza  que muitos pastores e muitos crentes oraram para que esse dia se tornasse realidade. E se tornou!

Todavia, outra praga apareceu e vem se multiplicado exponencialmente: as Ratazanas brasiliensis que institucionalizaram a corrupção na vida pública brasileira. Se antes ela era praticada na penumbra da noite, hoje ela é o substantivo abstrato mas saliente entre os pequenos e grandes ratos que moram nos esgotos de Brasília.

A moralidade? ora a moralidade... é uma virtude que tem sido condenada ao calvário enquanto os barrabás por baixo dos panos compõem poemas franciscanos, produzindo rimas de gerúndio com o presente do indicativo.

O futuro de nossa nação está seriamente ameaçado. Todo dia, centenas de velhinhos, crianças, índios e mendigos  estão morrendo de fome e  miséria, porque algum larápio meteu a mão no dinheiro público A Casa de Deus está corando de vergonha. O dízimo financia novelas, as ofertas estão comprando fazendas de gado e Haras para criação de cavalos. É um prevaricar sem fim e sempre crescente.

A corrupção é hoje a maior praga que assola nossa nação. Vem seguida da violência. Legiões de demônios agem com desenvoltura espalhando  miséria através das mentes que só pensam em como se dar bem com o dinheiro público. Uma simbiose real sustentada no plano espiritual. Filhos de Can assalariados pelo cão.

Eu já estou enfadado e irritado de tanto ouvir  nomes: "cachoeira", alfa, beta,  Monte Carlo e Delta. Mas como ratos somente andam em pares, cadê os outros roedores? Certamente estão fazendo a oração do bode emissário. Um vai para o deserto, enquanto o restante da quadrilha disfarça, e disfarça muito bem, como se fossem santos de carteirinha, desde o nascimento

E diante de tudo isso, seguem indiferentes e omissas as lideranças das grandes Igrejas Evangélicas Brasileiras, fazendo corar no túmulo os muitos personagens bíblicos que desciam a língua publicamente nas atitudes e ações de governantes que se prostituíam.

Perguntar faz parte da minha liberdade de expressão: Por que será que Tantos líderes evangélicos anda tão "caladinhos" e não têm protestado com veemência contra estes malandros que roubam o sustento dos órfãos, o pão  das viúvas e a referência dos jovens?

O silêncio destas lideranças é o maior incentivo para quem está roubando o dinheiro público. Porque neste caso específico, quem cala está CONSENTINDO em alguma coisa má.

Orar apenas não basta. Agora não é tempo de orar, mas de cobrar rispidamente mais vergonha na cara e amor ao próximo. Se o pastor e o bispo  não tem mais unção para fazer isto, a quem então iremos recorrer?

A Igreja de Jesus não vai desaparecer, mas essas associações religiosas que estão aí pregando um evangelho  de faz de conta$ e que conta$$$. Os crentes podem até perdoar escorregões morais, mas a sociedade, não. É como o sal que perde o prazo de validade e não presta mais para nada.

Esta talvez seja a maior oportunidade que a Igreja Evangélica já teve para evangelizar esta nação. A sociedade precisa de um paradigma. De um exemplo a seguir. De referências. Mas cadê a postura?







.

sexta-feira, maio 26, 2017

A sinceridade de um amigo




Wilma Rejane


Fiéis são as feridas feitas pelos que ama, mas os beijos dos inimigos são enganosos. Provérbios 27:6

Feridas são interrupções na lisura da pele afetando sua normalidade. São lesões superficiais ou profundas que exigem remédios e cuidados especiais. A verdade dita por um amigo é comparada a abertura de uma ferida, exige uma ruptura com velhos hábitos e/ou pensamento comum estagnado. Abrir uma ferida é provocar dor, choro, incômodo. Feridas são necessárias para quem almeja a cura. 

O problema é que nem sempre interpretamos de bom grado as verdades ditas a nosso respeito. A vaidade e o orgulho são como um duro casco impenetrável que não permite rupturas, ferimentos. E nessa "proteção" vão se acumulando  sujeiras que somente uma ferida, uma abertura expurgaria em purificação. 

O provérbio diz que os amigos são sinceros,custe o que custar. Mas os inimigos são hipócritas e agem com lisonjas e agrados a fim de acariciar o ego, armando uma rede para queda (Provérbios 29:5). É perigosa a satisfação adquirida por meio de elogios e glorias e é de bom proveito a repreensão franca e verdadeira.

Encontrei um verso Bíblico bem apropriado para esse tema, ele foi pronunciado por Paulo a igreja de Coríntios: " Pelo que façamos festa não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da verdade" I Coríntios 5:8.

O fermento velho era a hipocrisia dos fariseus com toda sua pompa,orgulho e inflexibilidade as verdades do Evangelho. Jesus reiteradas vezes os chamou de hipócritas, mas isso não doía neles, pelo contrário, os fazia inchar de orgulho. Seus cascos eram impenetráveis e a sujeira era uma como proteção às rupturas. Fariseus quando repreendidos procuravam meios de vingarem-se. Vingança não deve fazer parte de uma amizade sincera.

Sinceridadeeilikrineia (Strong 1505)- julgado pela luz do sol. Os bazares orientais expunham suas mercadorias à luz do sol para prová-las. Alguns mercadores desonestos remendavam peças rachadas ou cobriam os defeitos com uma cola.

A falsidade é assim como "cobrir os defeitos com uma cola". E a sinceridade é esta que resiste à prova da claridade. Assim, temos como dever julgar o que dizem a nosso respeito se nos é dito com sinceridade ou com falsidade. Somos nós que colocamos "a mercadoria sob a luz" para examinar sua qualidade. Quantos não se vêm em apuros,indo por caminhos de erro e perigo por não avaliarem corretamente as amizades? 

Amigos verdadeiros são os que nos aproximam de Deus e daquilo que Deus quer para nossas vidas. Estes são bem raros, mas resistem a prova do tempo e de nossas imperfeições. São pessoas que nos querem bem e querem o nosso bem. "O justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar" (Provérbios 12:26)

Jesus experimentou do beijo falso do inimigo chamado Judas Iscariotes ao ser capturado para crucificação no Getsêmani. Mas a falsidade do inimigo não foi capaz de vencer o poder da Verdade que vertia de seu corpo ferido, ensanguentado. Por suas chagas fomos todos sarados (Isaías 53:1-5). Feridas são necessárias quando nos fazem refletir o caráter de Cristo. Amigos necessários são aqueles que não se alegram com o pecado alheio, nem escarnecem dos justos,antes têm prazer na bondade e esta bondade é a Palavra de Deus (Salmo 1:1).

Mas não sejamos ingênuos, a Palavra de Deus também se encontra na boca dos tolos, dos perversos, dos enganadores. Contudo, pelos frutos os conhecereis. Se alguém vive provocando discórdias, fofocas e não guarda segredos, é bom manter cautela:

 "O homem perverso provoca dissensão, e uma fofoca separa amigos íntimos." Provérbios 16:28

"A fofoca trai a confiança, mas um homem de confiança mantém um segredo. " Provérbios 11:13


A Bíblia diz ainda  que o amigo ama em todos os momentos e na angústia nasce o irmão (Pv 17:17). Assim, temos os dias de angústia como um referencial sobre amizades. Amigos de verdade não abandonam na angústia, antes confortam, compreendem.

Convêm dizer que Jesus teve amigos não cristãos, homens pecadores. Contudo, Ele foi capaz de influenciá-los de tal modo que puderam ser transformados pelo seu companheirismo. É assim que Ele nos ensina a mantermos a diplomacia, a amizade com pessoas de credos diferentes do nosso e que isso não seja como o fermento dos fariseus a crescer em nossos corações para malícia e maldade. Pelo contrário, o cristão é que deve influenciar os que ainda não conhecem a Verdade do Evangelho.

Vide Daniel, ele foi capaz de ser amigo do rei Nabucodonosor sem se deixar levar pelas dissimulações e idolatria do rei. A moabita Rute foi diretamente influenciada por sua nora judia Noemi. João Batista pode ser visto como amigo do rei Herodes porque lhe repreendeu sobre o adultério querendo que Herodes se arrependesse e mudasse de vida. Mas acabou sendo morto por trama de Herodias (amante de Herodes) que não acatou as repreensões e planejou vingar-se matando-o. Através desses exemplos é possível constatar que as amizades verdadeiras se mantêm apesar dos conflitos. E as inimizades perduram e se consomem quando os interesses pessoais são maiores que o amor mútuo.

Deus nos abençoe com bons amigos.

quinta-feira, maio 18, 2017

Moisés: do deserto ao palácio com honra e poder


 .
Pirâmides de Gizé
João Cruzué

Fico pensando nas grandes surpresas que Deus preparou na vida de Moisés até transformá-lo em um líder abençoado, humilde e vitorioso. Moisés. Como uma águia nascida para voar alto sobre vales e montes, enquanto  não conheceu Deus  bem de perto,  Moisés nada pode fazer. Do palácio ao deserto. E do deserto de volta ao palácio depois dos 80 anos de idade. Moisés foi um milagre: Um vaso que Deus quebrou, amassou e tornou moldar, para conduzir Israel do Egito para o deserto. E do deserto para a boa Terra de Canaã


Tinha todas as probabilidades para ser mais um velho rabugento e murmurador, mas isto não aconteceu. Ele renovava suas forças quando ouvia a voz de Deus ordenando para que ele continuasse tentando. Quero dedicar essa mensagem a meus amigos e irmãos que moram ou trabalham fora do Brasil. Que a presença do Senhor possa alegrar seu coração com esta despretensiosa leitura. Em frente.

Estratégias de uma  Mãe: Quando Moisés nasceu, estava destinado à morte. Mas não foi morto. Sua mãe era uma mulher de oração. Quando todas as outras mães atiravam seus meninos no Nilo para cumprir o decreto do faraó, ela não afogou seu filho. 

Ela cumpriu a lei, mas antes pôs Moisés num cesto. 

Aquele cesto vagando sobre as águas do Nilo tem um significado para este próximo Dias das Mães: Que são os cuidados constantes de uma mãe por seus meninos nessa descida pelo "Nilo" de uma sociedade violenta, corrupta e egoísta.

Mas um cesto de junco afundaria em pouco tempo, encharcado. Cuidar com responsabilidade é bom, mas não foi apenas com betume que o cesto de Moisés  não afundou. As orações de sua mãe  eram mais eficientes que o betume. Por isso, a mãe que separa  tempo diário para orar pelos filhos agrada mais a Deus. 

Outro dia ouvi um Pastor criticando mulheres que passam o dia orando na Igreja enquanto seus filhos estão na rua com péssimas companhias. Fiquei pensando, se orando elas têm problemas - o que se dirá, então, daquelas que ficam apenas em casa ralhando com os filhos a afugentá-los para rua?

Deus tem muitas promessas de bênçãos para os filhos, mas por outro lado o diabo está constantemente semeando o joio para destruir o cumprimento  delas. A mãe de Moisés foi criativa com o cesto, mas por que orava, ouviu a voz de Deus, e  por um pensamento que veio à mente, não se esqueceu do betume. Quem se dedica na oração não é pego desprevenido. 

Recentemente, uma de minhas cunhadas, mulher de oração, descobriu, ao fazer simples exames no hospital, que sua taxa de glicose andava beirando 900. Admiraram-se de vê-la de pé e enxergando.

Você já examinou se os "cestos" de seus filhos não estão afundando?

A primeira grande surpresa da mãe de Moisés foi que ao nascer ele era formoso de aparência. Um bebezinho lindo. A segunda surpresa foi que em lugar de ter morrido afogado no Rio Nilo, ele cresceu, estudou e se formou nos palácios do faraó. A terceira surpresa foi quando tentou usar a força para libertar Israel,  e teve que fugir do Egito para não ser morto. A temporada de mudanças apenas começara. Do palácio ao deserto. E no deserto por 40 anos. Uma mudança e tanto.

Para você que está longe do Brasil se anime.  É mais fácil encontrar presença de Deus no deserto que no conforto dos palácios, da casa dos pais, dos familiares...

Para mim, o versículo mais apropriado para enfrentar o deserto é Jeremias 33:3: " 

Clama a mim, e responder-te-ei, 
e anunciar-te-ei coisas grandes e firme,
que não sabes"

 Isso aconteceu com grandes personagens bíblicos - desde Abraão. Prepare-se andar nos propósitos de Deus. A verdadeira prosperidade é espiritual, em decorrência dela vem a prosperidade financeira definitiva. O que Deus lhe der, ninguém pode tirar. Por isso é melhor buscar a presença do Senhor. Isto significa, fora com as "baladas" e amizades duvidosas, que vão tirar você do alvo. Então, vamos voltar ao assunto principal.

Quarenta anos se passaram. 

Dos palácios do Egito para a poeira, sol durante o dia  e frio da noite do Deserto do Sinai. Quem diria? Promessas de Deus depois de 80 anos?... Ele nem pensava mais nisso. Mas aí veio a última e grande surpresa: No terço final da vida, já com oitenta anos, Deus aparece na sarça ardente e provoca Moisés para voltar ao Egito. A mesma missão: Libertar o Povo de Israel. Daquela antiga força, só restava o desânimo.

-Vem Moisés e Eu te enviarei! Disse Deus.

-Não Senhor, eu não sou libertador de coisa nenhuma. Não acredito mais em velhas promessas. Agora sou apenas um velho, e se eu for, o povo vai se rir de min, vão me achar um louco com uma bengala de apoio nas mãos. Não quero ir, não estou mais interessado, por mim Israel pode continuar escravo pelo resto da vida. Escolha outro para ir em meu lugar.

Nessa altura, Deus se irritou com Moisés e o forçou a descer ao Egito.

E, dois velhos gagás desceram ao Egito: Moisés com 80 anos e Arão com 83. Milhares de jovens judeus estavam lá, mas a promessa do libertador de Israel era para um velho: Moisés. Deus tinha um plano especial com Moisés - e operando Deus, quem impediria?

E o plano do
 Senhor para sua vida ainda está de pé.

Ao chegar no Egito, Moisés e Arão, foram primeiro convencer o povo escravo de que Deus estava atento ao clamor deles, que estava ciente daquela horrível escravidão. Tendo convencido o povo, foram ao palácio do faraó.

-Faraó, o Deus de Israel encontrou seu povo e quer que saiamos ao deserto para celebrar uma festa para Ele. E o faraó respondeu: Quem é o senhor cuja cuja voz ouvirei para deixar ir o povo? Não conheço esse Deus e não deixarei o povo ir. E disse mais faraó: Esse povo está ocioso, é por isto que inventaram essa história de celebrar festa no deserto. Antes se fornecia palha para fazer os tijolos, agora que se virem e também arranjem a palha. E a quota da produção diária dos tijolos sera exigida. Se não cumpri-la mandarei açoitar os líderes do povo. E Parem de perturbar o trabalho dos outros.

E foi assim que deu tudo errado. A escravidão piorou com os açoites e o excesso de trabalho. Assim, até o próprio povo judeu se amargurou contra Moisés, porque diziam: A espada que faltava para faraó nos matar, você Moisés, com essa história de Deus, acabou de arranjar.

E tendo Moisés ido orar e reclamar com Deus, ouviu novamente o Senhor dizer: Vai Moisés, para de reclamar e entra de novo no palácio e dize a Faraó: Deixa o povo de Israel sair da sua terra.

- Mas Senhor, se nem o povo de Israel acredita em mim, como vai me ouvir o faraó? Vai Moisés, agora vou te por por Deus de faraó e Arão, seu irmão, será o teu profeta.

E ele foi. Desanimado, desacreditado, mas foi. E falou a faraó. E a certa altura do seu encontro com faraó, três cobras rastejavam pelo chão do palácio. Uma era de Moisés e duas dos feiticeiros do faraó. E aconteceu que estando faraó e seus súditos certos do massacre, a cobra de Moisés engoliu as outras duas. E naquele dia, Moisés voltou para casa alegre e pelo caminho conversava com Arão.

-Você viu Moisés como os magos do Egito também sabem transformar varas em cobras?

-Sim Arão, mas isto não me preocupa mais, porque hoje eu vi uma outra coisa.

-O que foi que você viu Moisés?

-Eu Vi que , hoje, o Senhor começou mudar minha vida. A partir do momento que as duas cobras de faraó foram engolidas, deixei de ser um velho derrotado e estou pronto para sonhar de novo, porque agora sei que o Senhor vai cumprir todas as promessas Dele em minha vida.

E foi assim que o menino do cestinho betumado veio a ser o Libertador de Israel. Aquele que depois de velho, foi escolhido e teve o privilégio, a honra, de por o pé sobre o "pescoço" do faraó - Deus do Egito - e tirar o povo da escravidão fortalecido pela mão do Senhor.

Isaías 40:30-31:


"Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os jovens certamente cairão. Mas os que esperam no SENHOR renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão".

Acredite sempre na próxima oportunidade. Depois do deserto, vem o tempo de andar com Deus em grandes palácios.



.